LVMH e Kering

Na semana passada todos se sensibilizaram com o triste incêndio que atingiu a Catedral de Notre-Dame, um patrimônio da humanidade que além da belíssima arquitetura gótica possui um imenso valor histórico. Diante desse infeliz episódio, o governo francês criou o fundo nacional e além fronteiras, que tinha como objetivo arrecadar recursos para a reconstrução da catedral. Diversas personalidades e companhias do mundo todo se posicionaram lamentando o ocorrido e contribuindo com doações para o fundo, que até o momento conta com € 750 milhões.

Entretanto dois grupos franceses chamaram muita atenção ao serem os primeiros doadores; o LVMH e o Kering, que juntos contribuíram com € 300 milhões para o fundo. Bernard Arnault (CEO do grupo LVMH) e François Pinault (fundador da Kering) possuem fortunas bilionárias e são os detentores das principais marcas de moda e de luxo do mundo.

Curiosamente; embora estes homens estejam unidos em prol dessa causa, suas trajetórias foram marcadas por uma intensa rivalidade.

BERNARD ARNAULT

DS-AA000_ARNAUL_P_20180103233826

Fonte: The Wall Street Journal.

Bernard Arnault é o fundador da holding LVMH, que atualmente detém grandes marcas como: Christian Dior, Louis Vuitton, Marc Jacobs, Céline, Bulgari, Givenchy, Sephora, Moet & Chandon, Hennessy, entre outras.

Sua ascensão no mercado de luxo teve início na década de 80, adquirindo diversas empresas do ramo têxtil que apresentavam dificuldades financeiras; ao comprá-las o empresário as reestruturava e as tornava lucrativa novamente. Sua entrada nos mercado de luxo se deu com a aquisição da marca Dior. Em uma entrevista concedida a Oxford Union em 2016, é notável sua expertise em obter negociações favoráveis.

“Quando temos um período de crise e o mercado não está bom, ás vezes é um bom período para encontrar oportunidades, mas temos que ser pacientes, devemos evitar investir quando tudo está caro…Veja, quando as coisas não estão boas as pessoas tentam vender o mais rápido possível, o que é estranho…o bom seria agir contrariamente a isso.”

Bernard Arnault.

Segundo a revista Forbes, sua fortuna está avaliada em US$ 91,7 bilhões.

thumbs_98-aerial-view-paris-museum-louis-vuitton-foundation-frank-gehry.jpg.770x0_q95

Imagem da Fundação Louis Vuitton – Fonte: Interior Design.Net

Amante das artes, Bernard Arnault possui uma coleção que inclui obras de artistas como Picasso, Yves Klein, Henry Moore e Andy Warhol. Com uma coleção tão diversificada e um grande apresso pelo mundo artístico, o mesmo criou a Fundação Louis Vuitton, um espaço cultural que tornou-se uma das atrações mais visitadas de Paris.

Diante do trágico incêndio da Catedral de Notre-Dame, Bernard Arnault e o grupo LVMH doaram € 200 milhões para o fundo de reconstrução.

FRANÇOIS PINAULT

French businessman Francois Pinault attends a news conference at the Town hall in Paris

Fonte: Huffington Post.

François Pinault fundou o PPR (Pinault-Printemps-Redout), hoje conhecido como Kering. Um conglomerado que atualmente é detentor de marcas luxuosas como: Gucci, Balenciaga, Puma, Brioni, Bottega Veneta, Saint Laurent, Stella Mccartney, Alexander McQueen, Christie’s, entre outras.

Sua trajetória de sucesso teve início na década de 60, quando François Pinault começou um pequeno negócio materiais de construção e madeira; com o passar dos anos começou a comprar diversas empresas, transformando-as em negócios eficientes. A grande entrada no mercado de luxo se deu com a aquisição da Gucci em 1999. Em uma entrevista concedida ao jornalista Alain Elkann em 2013 é perceptível como sua visão sobre o futuro foi imprescindível para se tornar um empresário global.

“Eu entendi a globalização e acreditei nas perspectivas de crescimento de marcas globalmente conhecidas… Eu entendi que nós tínhamos que seguir em frente. Quando, no final dos anos 90, tivemos a oportunidade de comprar a Gucci, não hesitei nem um segundo. Eu segui em frente.”

François Pinault

Desde 2005 o CEO da empresa é o seu filho, François-Henri Pinault. Atualmente a fortuna da família está avaliada em US$ 34,2 bilhões.

bourse_de_commerce_01

Imagem da Bourse de Commerce – Fonte: Revue Pinault Collection.

A família Pinault possui uma grande coleção de arte contemporânea, que conta com obras de Picasso, Mondrian e Koons. Com o intuito de partilhar essa paixão com o mundo, a família expõe essas obras em alguns espaços culturais próprios como: o Palazzo Grassi, o Punta Della Dogana (ambos em Veneza) e o Bourse de Commerce (Paris).

Comovidos pelo ocorrido na Catedral de Notre-Dame, os Pinault doaram € 100 milhões para o fundo nacional que promoverá a sua reconstrução.

A RIVALIDADE

Bernard Arnault e François Pinault inicialmente eram muito amistosos, faziam negócios e tratavam-se com muito respeito. Nessa atmosfera cortês; em mais uma das rotineiras aquisições; ao descobrir que Bernard Arnault tinha interesse em adquirir a vinícola Cheval Blanc, François Pinault se retirou das negociações, evitando que a compra se tornasse um leilão, deixando o caminho livre para Bernard Arnault.

Entretanto nem mesmo esse ato de boa fé evitou que o relacionamento entre eles se tornasse hostil; quando a Louis Vuitton (empresa de Bernard Arnault) rompeu a parceria com a Printemps (empresa de François Pinault) de forma inesperada; François Pinault entrou em contato com Bernard Arnault numa tentativa de solucionar a questão e retomar a parceria, mas este simplesmente respondeu: “Não cuido desses detalhes”.

Sentindo-se ultrajado, François Pinault adquiriu secretamente a Gucci, marca que Bernard Arnault almejava já há algum tempo. A situação virou caso judicial e resultou em anos de ferrenhas batalhas por mais marcas desejo.

1218311.jpg

Imagem da campanha do perfume Gucci Bloom – Fonte: Dazed Digital.

Com tudo, esse antagonismo gerou bons frutos não só para ambos, como também para a França, que garantiu a hegemonia no mercado de luxo mundial e agora conta com a contribuição de ambos para a reconstrução de um dos principais símbolos do país, a Catedral de Notre-Dame.

Até a próxima pessoal!

Publicado por

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s