Semana de Moda de Londres – TOP 3!

Há alguns dias, Londres foi o palco para diversos designers apresentarem suas coleções de Outono/Inverno 2019; e além de produções maravilhosas o evento expôs fortes declarações quanto ao cenário político atual, mais especificamente, discursos sobre o “Brexit” (Saída do Reino Unido da União Européia). 

Veja a seguir os designers que se destacaram pela criatividade e maestria, no TOP 3 da Semana de Moda de Londres.

MARY KATRANTZOU

Em meio a uma avalanche de tons terrosos e cinza, Mary Katrantzou trouxe um verdadeiro arco íris para a estação. Tendo como tema os elementos da natureza, a designer apresentou uma coleção repleta de plumas, babados e o tradicional  xadrez “Príncipe de Gales” totalmente repaginado, num degradê de cores em verde e vermelho. O resultado desse “mix”, foi uma coleção de inverno alegre e inovadora .

_ALE0032Fonte: Vogue US.

_ALE0068Fonte: Vogue US.

_ALE0501Fonte: Vogue US.

VICTORIA BECKHAM

Com uma modelagem “comfy”, excelentes combinações de cores e estampas de correntes e tracejados; Victória Beckham exibiu uma coleção muito prática e elegante. Refletindo sobre a coleção a própria designer declarou:

” Um A-Z da vida de uma mulher. Ela é uma dama, mas não é “ladylike”. Ela é adequada, mas ela não é primitiva.” 

E definitivamente tal reflexão foi traduzida com perfeição em todos os “looks” da coleção. Outro ponto digno de atenção foram os calçados, com botas de “animal print” e “scarpins neon”, a estilista garantiu que a mulher idealizada por ela trace seu próprio caminho com muito estilo e graciosidade.

_FIO0323Fonte: Vogue US.

_FIO0128 (1)Fonte: Vogue US.

_FIO0015Fonte: Vogue US

ROLAND MOURET

Outro designer que usou e abusou da modelagem “comfy” foi Roland Mouret; entretanto a escolha dessa modelagem foi por uma razão que ia além do  conforto. Com vestidos, camisas e ”trench coat” mais amplos; a coleção propunha a reflexão: “Será que é necessário limitar as peças por gênero, ou é possível transitar entre os guarda-roupas feminino e masculino?”. Ao olhar atentamente para os “looks” e o “casting” do desfile, essa pergunta foi facilmente respondida: “Não só é possível, como também resulta em produções incríveis e cheias de atitude.”

Fonte: Vogue US.

_DAN0110Fonte: Vogue US.

_DAN0278Fonte: Vogue US.

MENÇÃO HONROSA

VIVIENNE WESTWOOD

Nessa temporada Vivienne Westwood valeu-se do desfile de sua marca como forma de manifesto sobre diversas questões. Durante o desfile muitos ativistas cruzaram a passarela e discursaram em alguns momentos, ponderando sobre o “Brexit”, o consumo desenfreado da sociedade e outros assuntos. Essa abordagem totalmente diferente, por si só já gerou muito debate e polêmica. Entretanto discussões à parte, houve ainda outro destaque, a diversidade, com modelos mais velhos e ativistas com tipos físicos diferentes, a designer chamou atenção para a questão da inclusão na moda.

_ALE0315 (2)Fonte: Vogue US.

_ALE0125Fonte: Vogue US.

_ALE0081Fonte: Vogue US.

E então, gostaram dos “looks” de inverno?

A temporada de desfiles ainda não acabou; então em breve mais propostas para o Outono/ Inverno 2019 serão apresentadas.

Até a próxima pessoal!

 

 

Publicado por

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s